IFESP lança curso de francês online com foco em aviação

Novo programa terá método, conteúdo e prática de conversação voltados para funcionários de companhias aéreas e demais aeronautas

Atento às necessidades do mundo do ensino de idiomas, a escola virtual de francês do IFESP (Curso de Francês Online) oferecerá um programa inovador, feito sob medida para pilotos, comissários de bordo e demais profissionais dos ares. De carona nas novas linhas e conexões entre Brasil e França, o instituto investirá na formação online para aeronautas, com o objetivo de capacitá-los para o contato com passageiros e colegas, de um lado e do outro do Atlântico, que se expressam na língua de Molière, a partir de um conteúdo exclusivo e personalizado.

“Ninguém oferece hoje no Brasil um curso de francês com foco nesse grupo de profissionais, que possui muitas opções para estudar outras línguas de forma técnica, como o inglês”, explica Pierre Lagrave, diretor pedagógico do IFESP. “Estamos criando o novo curso para atender uma demanda crescente: cada vez mais pilotos e demais aeronautas estudem um francês voltado para a área deles, sobretudo diante da atual demanda do mercado, com o aumento do número de voos para a França”, completa.

Novos voos para Paris

Recentemente foi lançada uma nova linha para Paris, pela Azul Linhas Aéreas, expandindo a quantidade de conexões entre os dois países. Também há voos pela TAM e pela Air France – a companhia francesa, aliás, tem aumentado sua presença publicitária no Brasil.

“Já fui professor de duas aeromoças que precisavam aprender o vocabulário técnico da área em francês, e acredito que os novos voos levarão a uma procura maior pela língua”, aposta o diretor pedagógico do Instituto.

Mobilidade e praticidade

Paris figura no Top 5 das cidades internacionais mais visitadas pelos brasileiros em 2017, ao lado de Lisboa, Nova York e Santiago do Chile. A tendência do turismo internacional é de crescimento, como indicam os dados da Organização Mundial do Turismo (OMT), que coloca o Brasil no 16° posto do ranking global de despesas com turismo – a frente de países como a Suíça e o Japão.

A Cidade-Luz deve, portanto, cair ainda mais nas graças dos brasileiros, em função dos novos voos. Por isso, para que os profissionais dos ares caprichem no francês, o IFESP oferecerá um modelo de curso que alinha a qualidade do instituto à praticidade dos estudos online. “Os aeronautas estão sempre viajando e têm uma escala de horários que dificultariam um curso presencial tradicional. Nós conciliamos a melhor formação com este atrativo da mobilidade, pois nossa plataforma é acessível em qualquer lugar do mundo e a qualquer momento”, destaca o Pierre Lagrave.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Pierre Lagrave

Pierre Lagrave

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *