Cursos de francês online do IFESP têm nova plataforma com foco total no aluno

12 de abril de 2019
Por  Alexandrine Brami

De olho nas novas tendências do design instrucional, instituto reformula sites por completo, com conteúdo mais intuitivo, cheio de recursos multimídia e navegação otimizada.

 

Como oferecer o que há de melhor e mais moderno no ensino de francês online para os alunos? Quem conhece o IFESP sabe que essa preocupação sempre norteou a história do instituto, mas sua equipe pedagógica decidiu ousar na inovação e pôs mãos à obra para reestruturar a plataforma de ensino digital de francês www.cursodefrancesonline.com.br, conhecida pela sigla CFOL. O resultado, que será aberto para navegação em janeiro de 2018, é surpreendente – e as novidades, inúmeras!

A primeira necessidade era manter a proposta atualizada, tendo em vista que o ensino a distância é a “grande revolução” do momento, sem nunca perder de vista o alto padrão de qualidade dos cursos já oferecidos. Por isso, a equipe responsável reelaborou os conteúdos do CFOL tomando as necessidades reais dos alunos por centro absoluto de todo o processo de mudança.

“Nosso ponto de partida foi o aluno: pensamos no que estamos oferecendo para o usuário final, adaptando tudo em função dele”, enfatiza Daniela Castro, designer e membro da equipe pedagógica do IFESP. A proposta do design instrucional, segundo ela, é a preparação das aulas com foco exclusivo no aluno, e não no conteúdo da aula em si. “Esse é o carro-chefe da inovação do novo site, pois acompanhamos o aluno numa jornada completa, desde que ele procura o curso e se matricula até o objetivo final que ele possui com a língua, seja acadêmico ou profissional”, explica.

 

Excelência e coesão

Avanços tecnológicos e aperfeiçoamento do conteúdo foram, na sequência, o eixo da grande mudança. O CFOL utiliza a plataforma Moodle, a mais conceituada e difundida internacionalmente. A versão anterior 2.3 foi substituída pela versão 3.3, muito mais moderna e completa.

Os conteúdos também passaram por reformulação, para garantir uma visão mais global e coesa. “São dezenas de atividades a cada nível de curso e estamos empenhados em deixar tudo com um padrão que torne a navegação mais fácil e o conteúdo mais intuitivo para os alunos aprenderem melhor”, explica o designer francês Maxime Legal, parceiro de Daniela nessa empreitada.

A dupla aposta em mais imagens e vídeos para tornar as atividades visualmente completas e adaptadas à proposta de ensino de francês 100% online. A ideia é que a plataforma CFOL esteja em constante renovação, para evitar que o avanço tecnológico deixe os conteúdos com ares ultrapassados.

 

Motivação e gamificação

Por fim, a dupla franco-brasileira implanta novos recursos de gamificação, para criar experiências mais dinâmicas e prazerosas. “Gamificação não tem a ver necessariamente com jogos, mas com o uso de elementos que motivem os alunos a continuarem os estudos até o final, com o mesmo entusiasmo do primeiro dia de aula”, explica Daniela.

A estratégia inclui sistemas de incentivos e recompensas dentro do percurso virtual do aluno, conforme ele avança no aprendizado. Conhecimentos da ciência cognitiva e dos estudos de tipos de personalidade também serão levados em consideração na produção de novos conteúdos, com o objetivo de melhor incentivar o aluno, adaptando os cursos em função de seu perfil.

Se sua empresa quer oferecer uma solução completa de ensino de um novo idioma, conheça a Lingopass by IFESP. Uma plataforma 100% online, multi-idiomas, com professores nativos e acompanhamento em tempo real dos alunos.

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.