IFESP aposta em alta tecnologia para ser líder absoluto no ensino de francês

20 de março de 2019
Por  Pierre Lagrave

Conteúdo totalmente interativo, experiências dinâmicas, ferramentas de imersão: instituto investe em novos programas e adota o que há de mais moderno, consolidando-se como referência em digital learning

 

                  O IFESP mudou para melhor e reformulou toda sua estrutura de cursos online para modernizá-los e adaptá-los aos novos tempos, incorporando as ideias mais ousadas e arrojadas do mundo do ensino digital. A passos largos, o instituto caminha em direção a uma meta planejada nos mínimos detalhes: ocupar o primeiro lugar do pódio nacional de escolas de língua francesa e ser, ao mesmo tempo, um nome consagrado em ensino 100% online. É por isso que o IFESP implantou uma série de recursos tecnológicos de alta ponta, aposentando de vez o retrovisor e fugindo do modelo clássico de ensino.

                  Em primeiro lugar, o próprio percurso de aprendizagem foi repensado no todo, para atender às expectativas de quem estuda de forma autônoma, através de cursos online. “Mas autonomia no estudo não quer dizer que o aluno está sozinho”, frisa Jordane Boché, coordenador pedagógico do instituto. “Para cada curso há um tutor que acompanha os alunos e está sempre à disposição, o que resulta num aprendizado mais eficaz e até mesmo mais interessante para nosso alunado”, completa. Esse plantão de dúvidas inclui salas de chat para esclarecimentos com os instrutores em tempo real.

                  Outra inovação em relação às aulas a distância foi o desenvolvimento de conteúdo em formato SCORM, um modelo mais dinâmico, intuitivo e interativo. O SCORM possibilita o acompanhamento dos resultados obtidos pelos alunos em cada atividade, gerando uma importante base de dados para aferir quais os pontos menos fortes e quais os elementos já consolidados no processo de aprendizagem. “Podemos verificar os erros mais frequentes e aquilo que foi feito com sucesso, o que nos permite adaptar o material que oferecemos aos alunos”, explica Boché.

 

Múltiplas memórias e 3D

 

                  Já amparado pelas melhores plataformas de ensino online do mundo, como o Moodle, utilizado por governos e universidades, e o Adobe Connect, considerado a mais completa sala virtual, o IFESP deu mais um passo ao adotar o Adobe Captivate. Trata-se de uma “verdadeira fábrica de conteúdo, que enriquece a preparação das aulas”, segundo o coordenador pedagógico.

O incremento também vem por conta do Active TextBook, dinamizador de formatos passivos de arquivo, como o PDF. “Investir em tanta interatividade é bom para diminuir as taxas de evasão, mas o ganho é infinito, pois isso também solicita outros tipos de memória dos alunos, como a visual, a auditiva e a processual”, pontua Boché.

                  Além disso, o departamento pedagógico elabora atualmente um ousado projeto de ensino através de vídeos em 3D, apostando na realidade aumentada como forma de engajar o interesse dos alunos e de aprimorar a eficácia do aprendizado.

 

SEJA VOCÊ TAMBÉM O PARCEIRO DO IFESP
Como podemos trabalhar juntos? Envie sua proposta para a Pauline Charoki através do e-mail : parceria@ifesp.com.br

 

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.