Endomarketing e Técnicas de Engajamento de Colaboradores

3 de setembro de 2020
Por  Alice Oliveira

Os colaboradores são um dos ativos mais importantes de uma empresa por serem responsáveis pelos resultados dos negócios. Um dos principais desafios dos gestores de pessoas é buscar formas de criar e manter o engajamento de suas equipes. Neste post vamos revelar estratégias de endomarketing para fomentar uma cultura organizacional motivada por resultados.

Nutrir um vínculo mais estreito entre empresa e colaborador cria um ambiente de trabalho mais agradável, com condições favoráveis e uma boa relação entre o time; gerando uma equipe contente, e garantindo maior motivação, produtividade e comprometimento com resultados. 

Entretanto, o engajamento e motivação dos colaboradores não depende apenas do relacionamento entre equipes e gestores, ou de salários e benefícios. É preciso pensar fora da caixa e ir além, estando atento às necessidades dos funcionários e aos objetivos da empresa de forma integrada; para que ambos andem lado a lado rumo ao crescimento da organização.

Para isso, o endomarketing surgiu como uma estratégia de marketing voltada para o público interno da empresa desenvolvendo ações de engajamento de equipes. Algumas dessas ações podem incluir:

  • Oportunidades de crescimento e aprendizado;
  • Políticas de investimento em capacitação.
  • Políticas de retenção de talentos;
  • Competição saudável;
  • Inovação;
  • Qualidade do ambiente de trabalho;
  • Metas e objetivos claros.

 

Benefícios das estratégias de Endomarketing

 

O resultado da implementação dessas ações é o fortalecimento da cultura organizacional, o que torna mais fácil atrair e reter talentos, diminuindo a rotatividade. Este fator por si só já melhora a eficiência e produtividade no dia a dia da empresa.

Quando o colaborador se sente valorizado e reconhecido pelo valor que agrega à organização, ele se torna um fã da marca — muito além de um funcionário; tornando-se o porta-voz da empresa em qualquer situação, e sendo fiel à organização mesmo em tempos de crise. Ele terá orgulho de seu trabalho e vestirá a camisa da empresa.

Desta forma, todos se beneficiam das ações de endomarketing: os colaboradores se sentem mais valorizados e satisfeitos; e a empresa melhora seus resultados e fortalece sua  cultura interna.

Alguns dos principais benefícios de incorporar estratégias de endomarketing dentro da organização são:

 

  • Aumento da produtividade;
  • Funcionários mais motivados e satisfeitos;
  • Retenção de talentos;
  • Fortalecimento da marca;
  • Clima organizacional mais saudável;
  • Melhores resultados dos colaboradores e da empresa

Mas como funciona essas estratégias de marketing interno na prática? A seguir ilustraremos algumas das melhores práticas para sua organização.

 

Política de Benefícios

 

É importante saber recompensar os talentos que estão se saindo bem, fazendo com que estes se sintam valorizados e saibam que seu trabalho é importante para a organização para que continuem em máxima performance. 

Promoção e aumento de salário são algumas formas de recompensa; porém, uma política de benefícios voltada para as necessidades e motivações do colaborador pode ser ainda mais significativa e estreitar a relação entre empresa-funcionário mais do que apenas bônus financeiros. 

Hoje em dia, investir na capacitação dos funcionários não apenas motiva os colaboradores a se superarem e se desenvolverem enquanto profissional, trazendo melhores resultados para a empresa; mas mantém seus talentos atualizados às tendências e capazes de trazer essas novidades de volta para a empresa.

 

Treinamento Corporativo

 

Um exemplo de política de benefícios aplicada para programa de capacitação seria treinamentos corporativos. No caso das línguas estrangeiras — mesmo que o mercado da empresa seja nacional e ela não pretenda se internacionalizar, a capacitação em idiomas é um investimento altamente valioso para os colaboradores e suas famílias por ser uma skill relevante em todos os âmbitos da vida. 

De um ponto de vista pessoal, ele pode se beneficiar dos idiomas tanto para consumir entretenimento (filmes, séries, música, etc) quanto para usar em viagens internacionais. De um viés profissional e intelectual, os idiomas são essenciais para a educação de qualidade e inovadora, visto que os assuntos relevantes de qualquer área são primeiramente lançados em inglês e outros idiomas estratégicos, como o francês; e em seguida traduzidos para as demais línguas. Aprender idiomas abre a mente para novas ideias e oportunidades; influenciando também a motivação do mesmo para desenvolver-se profissionalmente através de eventos, conferências, cursos, etc.

 

Plano de comunicação interna

 

Outra estratégia que garante a produtividade e o engajamento dos times é o foco na comunicação interna da empresa. Ela é um dos principais pilares do endomarketing, mas também é uma ação estratégica fundamental para a estrutura de qualquer organização.

Um plano de comunicação bem conduzido melhora a produtividade entre times por facilitar a troca de informações de forma ágil e sem distrações e auxiliar na integração dos setores; além de evitar falhas de comunicação, ou até mesmo conflitos mais sérios.

A comunicação interna engloba tanto o contato entre times e diferentes setores de uma empresa; quanto a comunicação dos gestores para os colaboradores, e vice-versa. Dessa forma, a organização pode compartilhar com o time tudo o que é importante para os negócios e manter seus processos transparentes.

 

Estratégias de Comunicação promovem o Engajamento de colaboradores

 

TV corporativa, revistas internas, grupos e aplicativos de comunicação específicos para a empresa são algumas formas de desenvolver esse sistema de informação internamente.

No caso do IFESP, os diferentes setores enviam para todo o time newsletters contando as novidades, ações que andam fazendo e o que está por vir de cada setor — do RH ao marketing.

Uma estratégia de comunicação interna garante a produtividade e agilidade na tomada de decisões no dia a dia de uma empresa. De um viés do engajamento dos times, também podem ser implementadas estratégias de comunicação visando a animação de uma comunidade e a motivação para conquistar um objetivo em comum.

 

Na prática

 

Esse é o caso dos treinamentos corporativos. Nos programas de capacitação em idiomas do IFESP, por exemplo, os alunos recebem pushs de informação no formato micro learning para continuarem seu aprendizado a qualquer hora do dia e de qualquer device.

Além disso, esses grupos fomentam a prática de conversação na língua alvo, dando uma oportunidade para a prática do idioma ao mesmo tempo em que engaja e motiva a conversação dos colaboradores entre si.

Muitos cursos têm metodologias ativas de ensino e de gamificação. Na prática, isso significa que os colaboradores desenvolvem um senso de liderança por estarem na direção do seu processo de aprendizado; além de fomentar uma competição saudável entre os times, fazendo com que eles mesmos se motivem a superar desafios e ganhar recompensas por alcançarem objetivos pré-definidos dentro dos treinamentos.

 

As estratégias de endomarketing servem não apenas para engajar times e mantê-los motivados e produtivos; mas quando implementada de forma estratégica, essas ações de marketing interno influenciam diretamente no crescimento da empresa pois motivam os colaboradores a se superarem, focando em seu desenvolvimento pessoal e profissional como forma de retribuição para a organização que viu seu potencial e investiu nele em primeiro lugar. Portanto, o endomarketing é uma ferramenta poderosa para potencializar os resultados da organização de dentro para fora.

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.