Conquiste Soft Skills Aprendendo Idiomas

1 de julho de 2020
Por  IFESP

Quanto mais longe você estiver em sua carreira, mais fácil é cair no equívoco de pensar que você já tem todas as habilidades necessárias para ter sucesso profissional. Já mencionamos a importância de investir em capacitação profissional em qualquer momento, e principalmente em períodos de crise. Falamos também das tendências de profissões do futuro e as skills necessárias para chegar lá. Engana-se quem foca apenas em performar no trabalho ao invés de investir em seu desenvolvimento. Neste post explicaremos a importância de desenvolver tais habilidades, e como otimizar este aprendizado aliado a uma formação em idiomas. 

O quão importante são as soft skills e como elas podem ser incorporadas em um programa de idiomas? Como essas habilidades sociais podem ser integradas em sala de aula? 

O que são soft e hard skills?

Hard skills são habilidades quantificáveis, que podem ser mensuradas de alguma forma pois podem ser aprendidas por meio de cursos, treinamentos, livros, graduações, etc. Essas competências geralmente são comprováveis por meio de certificações e diplomas. 

Alguns exemplos de hard skills são:

soft skills são habilidades subjetivas e sócio comportamentais de cada pessoa de acordo com o que ela viveu. Por estarem ligadas à personalidade, crenças e valores, elas são atreladas a qualidades inatas das pessoas; e por isso podem ser mais difíceis de serem aprendidas na teoria. 

No meio profissional, entretanto, essas competências interpessoais influenciam diretamente como o profissional vai lidar com outras pessoas. Em inglês, também são conhecidas como “people skills”.

Alguns exemplos de soft skills são: 

  • empatia
  • comunicação interpessoal
  • liderança;
  • persuasão;
  • proatividade;
  • flexibilidade;
  • resolução de conflitos;
  • resiliência
  • paciência;
  • trabalho em equipe.

Por que é importante aprender soft skills?

Enquanto hard skills são competências que podem ser adquiridas na teoria, as soft skills são habilidades a serem trabalhadas nas relações interpessoais, e que podem ser determinantes no sucesso de um profissional que, embora possa ser altamente competente e habilidoso no currículo — se não tiver espírito de equipe e cordialidade para lidar com colegas, pode ter dificuldades na sustentabilidade de sua carreira ou simplesmente no seu bem estar no ambiente de trabalho.

O Fórum Econômico Mundial observa que problem solving, o pensamento crítico e a criatividade são as três habilidades mais importantes que ajudarão os trabalhadores a prosperar em 2020 e além. 

Além dessas competências, pesquisas recentes  citam a criatividade, a colaboração e a comunicação como skills essenciais durante uma avaliação de contratação para nível de gerência, por exemplo. 

Outra pesquisa do LinkedIn analisou as principais habilidades que os recrutadores buscam em candidatos em potencial. Foi constatado que para os profissionais serem bem-sucedidos, eles deverão ter uma mistura de hard e soft skills, o que os torna extremamente qualificados para tarefas específicas e capazes de trabalhar de maneira eficaz com diversas equipes. 

O relatório Global Talent Trends de 2019 do LinkedIn mostrou que 92% dos recrutadores diz que as habilidades sociais – também chamados de habilidades de empregabilidade – são tão importantes, ou mais importantes, que as hard skills. Entretanto, esses candidatos com fortes habilidades sociais são difíceis de encontrar. De fato, 89% dos entrevistados disseram que as contratações não sucedidas foram com pessoas que não possuíam habilidades pessoais.

Mas como aprender soft skills de forma prática, eficaz e em tempo recorde?

Os benefícios de aprender idiomas vão além de ter um passaporte para o mundo, destacar-se no mercado de trabalho e ainda ganhar um salário maior.

O aprendizado de línguas, na verdade, nos ajuda a assimilar as principais soft skills necessárias para ter empregabilidade e continuar progredindo profissional e socialmente. 

Vejamos as principais soft skills em demanda atualmente e como é possível incorporá-las na sua vida através do aprendizado de idiomas:

  • Empatia
  • Criatividade
  • Colaboração 
  • Persuasão

Enquanto muitas escolas de línguas especializadas em LSP (languages for specific purposes, ou línguas para objetivos específicos em português) e idiomas para negócios focam no ensino de hard skills, como a elaboração de relatórios ou a realização de reuniões; a assimilação de habilidades sociais também podem ter um impacto imediato e positivo nas vidas dos alunos.

Por outro lado, isolar o vocabulário específico ou focar apenas em gramática no formato tradicional pode ser o que acaba causando churn de programas de idiomas nos treinamentos corporativos. 

O motivo pelo qual as pessoas buscam cursos de idiomas focados em objetivos específicos, como inglês para negócios por exemplo, é para otimizar seu tempo aliando a proficiência em idiomas com um treinamento corporativo.  

No caso das multinacionais, principalmente em relação ao contato com equipes de outras sedes, ter empatia e compreender outra cultura é essencial para a otimização de reuniões, sucesso de negociações internacionais e expansão da cultura organizacional da empresa.

Isso porque as habilidades interpessoais incluem a escuta ativa, trabalho em equipe, tomada de decisão e habilidades de influência. O domínio dessas habilidades ajudará os alunos a progredir mais rapidamente nos estudos e a se tornarem líderes em seu próprio aprendizado, promovendo também o aprendizado em equipe através do social learning.

Soft skills + LSP: como funciona na prática?

No IFESP, prezamos por metodologias eficientes para que o estudante aprenda com prazer através de ferramentas tecnológicas e formatos inovadores de ensino. 

O aprendizado de idiomas, por exemplo, é uma forma eficaz de destacar o CV ao mesmo tempo em que se aprende na prática soft skills necessárias para suceder tanto profissionalmente quanto na vida. 

Uma queixa comum dos treinamentos virtuais é o fato de não haver relacionamento com os colegas, que por si só pode ser uma oportunidade de aprender soft skills na prática. Isso se dá devido ao boom de cursos adaptados para o digital da noite para o dia sem a infraestrutura ou preparação necessária. 

Por este motivo, sempre acreditamos no lema de ‘engajar para treinar’, que norteia ações de animação e engajamento das comunidades, de social learning, peer to peer learning, edutainment, etc. Esses foram fatores de sucesso para os mais de 22.000 alunos formados ao longo dos anos em nossa experiência blended learning.

Além disso, outros elementos fundamentais do treinamento em soft skills é o desenvolvendo as habilidades de comunicação necessárias no local de trabalho, usando linguagem específica para um determinada área, como foi o caso do Exército Brasileiro, aprofundando-se em vocabulário específico de uma área, como através dos nossos cursos de especialização por exemplo.

Outros métodos usados pelo IFESP para direcionar os cursos de idiomas para aprendizado em soft skills é a comunicação interpessoal nas aulas ao vivo de conversação, em que são discutidos tópicos de cultura e atualidade em francês ou inglês. Nelas, os alunos são encorajados a falar sobre um determinado tópico, o que não apenas aprimora sua habilidade linguística, mas também aumenta sua autoconfiança e capacidade de destacar os elementos mais importantes de um discurso.

Os exercícios corrigidos por professores reais, feedback personalizado e contato próximo com o tutor disponível na plataforma, grupos de social learning no whatsapp e de networking são algumas das formas que promovemos a sociabilidade entre os alunos do EAD. 


Finalmente, entendemos que uma forma de prosperar profissionalmente e de obter bem estar na vida pessoal é aliando o aprendizado de competências técnicas, as hard skills, com habilidades sócio-emocionais, soft skills. Vimos também que uma forma altamente eficaz de otimizar a assimilação dessas competências é através do aprendizado de idiomas; que não apenas garante destaque profissional, como também melhora a performance de times no trabalho, o relacionamento interpessoal com colegas e habilidades de negociação e persuasão com pessoas do mundo todo.

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.