Como identificar a necessidade de capacitação profissional em sua empresa?

6 de outubro de 2020
Por  Alessandra

Muitas vezes quando pensamos em treinamento de colaboradores pensamos na falta de habilidades e a necessidade de melhorias. Eu, recém-ingressada no mercado de trabalho, mal poderia imaginar a importância da capacitação profissional para o sucesso empresarial. Conforme afirma Kevin Griffin, antigo CIO da GE Capital, em entrevista para a revista CIO: A aprendizagem não pode ser apenas uma consideração à posteriori – deve ser o foco central de qualquer organização sólida. 

De fato, a capacitação não pode ser somente uma remediação para os gargalos encontrados na empresa – ele deve ser uma constante forma de beneficiar e fortalecer os ativos mais importantes de qualquer instituição: os seus próprios colaboradores. 

Os benefícios vão além do aumento da produtividade e da qualidade do trabalho: sendo os colaboradores os responsáveis por 85% da geração de valor da empresa, trata-se de uma ferramenta essencial – principalmente em meio a crises e, em especial, à pandemia.  – para a retenção de talentos. Em um cenário crítico no qual os custos de rotatividade de funcionários estão cada vez mais altos, nada mais adequado do que investir em seus talentos para garantir seu engajamento e motivação, aumentando o espírito em equipe e fortalecendo a cultura organizacional. De fato, talentos não são atraídos somente pela maior remuneração – mas pela autonomia, flexibilidade e possibilidade de desenvolvimento pessoal e profissional, na qual a capacitação profissional exerce um fator fundamental.  

Mas, como identificar a necessidade de treinamento na organização? Sabemos que tal necessidade ultrapassa momentos pontuais, devendo ser contínua. Mas como direcioná-la? A seguir, uma série de passos que podem ser cumpridas por você para identificar a necessidade de treinamento dentro de sua empresa:

  1. Defina os objetivos e metas
  2. Converse com colaboradores
  3. Questione os supervisores sobre seus colaboradores; e vice-versa
  4. Explore os setores da empresa
  5. Defina um plano de capacitação
  6. Defina o seu programa de capacitação profissional

Confira as explicações detalhadas abaixo!

1 – Defina objetivos e metas

 

Para qualquer decisão profissional, precisamos ter em mente o que desejamos e para onde queremos ir – e o mesmo vale para a identificação de necessidade de treinamento. Primeiro, é importante definir quais são os objetivos da empresa: quais são as metas e quais são as competências necessárias para atingi-las?

Melhorar a produtividade? O customer service? Modificar a plataforma? Tudo isso define um objetivo, bem como as habilidades e conhecimentos necessários para o sucesso.

como-identificar-necessidade-capacitacao-profissional

Para tal, é necessário ter em mente também o orçamento da empresa: de nada adianta tentar implementar mudanças as quais são inviáveis financeiramente. Isso apenas gerará desgaste e frustração entre os colaboradores.

A partir disso, é necessário identificar as competências disponíveis e as lacunas do time através de um levantamento detalhado: conversando com colaboradores, realizando entrevistas e analisando diretamente os setores. Ao final, você obterá o panorama geral do conhecimento e desempenho da equipe, sendo capaz de responder duas questões: quais competências estão disponíveis e o que falta? 

2 – Converse com colaboradores

 

Às vezes, tudo o que precisamos é de uma boa conversa. Sabemos que o ambiente de trabalho tende a ser mais produtivo quanto mais engajados estão os funcionários, motivados pelo espírito de equipe e pelo senso de comunidade.

Conversar com os colaboradores garante a melhor compreensão de sua performance, bem como de suas necessidades e de seus medos. Mostre que o seu interesse não é em medir a performance de cada um, mas de garantir suporte ao seu desenvolvimento profissional – e pessoal. Pergunte se eles entendem como as coisas funcionam. Eles estão felizes em seus trabalhos? Como suas ocupações poderiam ser melhoradas? Há alguma forma com a qual a empresa pode contribuir? Pergunte aos seus colaboradores em quais áreas sentem-se confortáveis; e em quais áreas sentem que podem melhorar. O diálogo é a principal ferramenta para o engajamento e a motivação, além de prevenir erros de treinamento e desentendimentos. 

Caso julgue melhor para o seu ambiente de trabalho, é possível realizar entrevistas individuais com os colaboradores, bem com questionários e avaliações de desempenho – individuais ou, até mesmo, anônimos dependendo do que estiver em questão. Outra proposta é realizar entrevistas de saída, dado que os colaboradores sendo desligados provavelmente se sentirão mais à vontade do que os colaboradores ativos.  

 

3 – Questione supervisores sobre seus colaboradores; e vice-versa

 

Uma proposta interessante é questionar supervisores a respeito da performance de seus colaboradores; e vice-versa. Assim, é possível ter uma visão panorâmica ampla da situação da empresa – e sobre como melhorá-la.

 

4 – Explore os setores da empresa

 

Para além da conversa e dos feedbacks, pode-se ter uma visão interna do que está funcionando – e do que não está.  Para tal, basta examinar a empresa, com base nos setores necessários para alcançar a meta em questão: o treinamento é importante, mas somente se for direcionado corretamente – para os setores corretos e, em especial, para os indivíduos adequados. Então, vale questionar: no que preciso focar nesse momento para alcançar o sucesso almejado?

Analise os setores mais importantes para a conclusão de seu objetivo, de forma a ter em mente as mudanças mais significativas em prol do sucesso. Verifique quais padrões de comportamento estão abaixo do nível desejado: há alto nível de absenteísmo? Produtividade abaixo do esperado? Resultados ineficientes? Alto índice de turnovers? 

E, de forma ainda mais significativa: ressalte aos seus colaboradores os seus pontos fortes e sucessos. Recompense-os e motive-os. 

A partir de uma análise prática, é possível mapear o comportamento de cada indivíduo e ter em mente o que precisa ser especificamente aprimorado em cada setor.

 

5 – Defina um plano de capacitação

 

Com base nos feedbacks e na visão interna do desenvolvimento empresarial, é possível identificar os conhecimentos e skills que precisam ser melhorados em prol da meta estabelecida. Defina os objetivos a serem alcançados através da capacitação de cada indivíduo. 

Estabeleça quais conhecimentos e skills devem ser melhorados, como forma de identificar a melhor capacitação para sua empresa. Os setores que precisam melhorar devem fazê-lo em qual sentido? O trabalho realizado por um colaborador é o mesmo do que o realizado por outro colaborador? Certamente não. Justamente por isso, defina a melhor capacitação para cada colaborador: como cada um deles pode melhorar, e qual é o papel da capacitação profissional neste aprimoramento? Não apenas a função desempenhada por esse profissional irá melhorar, como ele também se sentirá mais motivado: desempenhar um plano específico para cada membro do time demonstra o interesse da empresa em seu sucesso – e motiva o colaborador a sentir-se mais engajado em seu negócio.

Vale destacar que a capacitação profissional é importante não apenas para resolver lacunas, mas também para aprimorar o desempenho já adequado ou acima das expectativas, ensinando novas competências que permitam a realização de tarefas ainda mais complexas.

Ao final, será possível ter uma visão ampla de quais objetivos devem ser alcançados ao longo do processo. 

 

6 – Defina o seu programa de capacitação profissional 

 

Identificou a necessidade de capacitação profissional de sua empresa? Agora é hora agir, escolhendo o melhor programa de treinamento e capacitação de pessoas para a sua empresa. 

Antes de escolher, é necessário verificar se o treinamento oferecido está de acordo com os objetivos da empresa e metas a serem alcançadas. Pesquise, questione e procure informações sobre os serviços, leia comentários e reviews na internet e peça por uma experimentação antes de decidir o serviço adequado para seu negócio.

Para mais dicas, acesse nosso artigo: Como escolher o Melhor Programa de Treinamento e Capacitação de Pessoas?

(Fontes: Sebrae, CIO, Solides)

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.