Qual é o futuro dos benefícios nas empresas?

22 de março de 2020
Por  Alexandrine Brami

Os benefícios tradicionais, tais como acesso a plano de saúde e férias remuneradas, sem dúvida alguma, sempre foram e continuam sendo um grande atrativo para que os colaboradores em geral, mas sobretudo aqueles mais qualificados, queiram ser parte de uma determinada empresa.

 

No entanto, com os novos regimes de contratação ganhando força no ambiente profissional brasileiro, cada dia mais, vemos uma nova tendência se estabelecendo no mercado, onde tais benefícios têm perdido seu espaço.

 

Isso acontece não porque esses deixaram de ser interessantes aos colaboradores, mas principalmente porque, dada a possibilidade desses profissionais trabalharem para uma ou mais empresas, não é possível, assim, continuar oferecendo-lhes os mesmos benefícios de antes.

 

Você deve estar se perguntando, então, o que fazer diante deste cenário. E são estes caminhos que apontam para o futuro dos benefícios nas empresas que vamos investigar a seguir. E a primeira pergunta a se fazer é:

 

Seria, então, o fim dos benefícios para os colaboradores?

 

Não! Nem mesmo daqueles chamados tradicionais, como os que citamos no começo deste artigo. Afinal, todos sabemos que os benefícios são obrigatórios e assegurados do ponto de vista da legislação trabalhista no Brasil,  graças à CLT.

 

Além disso, há muito já se comenta como tais benefícios influenciam diretamente no desempenho dos colaboradores.

 

Profissionais que têm acesso a benefícios são comprovadamente mais motivados e dedicados às suas funções, pois sabem das seguranças e recompensas que lhe são garantidas pelo seu trabalho, e isso influi diretamente em sua qualidade de vida, afinal, tais benefícios reverberam para muito além do expediente do empregado.

 

No entanto, como dissemos, com a Reforma Trabalhista e suas consequentes flexibilizações na lei, observamos uma crescente no número de funcionários que se tornam Pessoas Jurídicas. 

Assim sendo, uma vez que esses colaboradores não podem contar com esses ditos benefícios tradicionais, há de se pensar em outras maneiras de continuarmos garantindo outros tipos de benefícios que cumpram com esse importante papel.

 

Mas, então, o que propor como benefícios não-tradicionais?

 

Se sabemos da importância de continuarmos a oferecer benefícios aos nossos colaboradores, então é preciso pensar em formas não tradicionais de garanti-los aos profissionais que contribuem cotidianamente para com nossas empresas.

 

Enquanto empregadores, podemos pensar em outras soluções que componham um pacote de benefícios. Esse pode incluir, por exemplo, a possibilidade de home office ou o oferecimento de cursos de idiomas aos colaboradores.

 

O IFESP, por meio de suas diferentes escolas de idioma, oferece cursos de língua francesa e inglesa, respectivamente, por meio do CFOL e da Iron English, a diferentes empresas desejosas de oferecerem esse tipo de benefício aos seus colaboradores. 

 

Além disso, nosso instituto replica essa lógica de benefícios não-tradicionais para os seus próprios colaboradores, que têm acesso livre aos cursos de idioma de nossas escolas.

 

Fazemos isso porque sabemos da importância de oferecermos a chance de um profissional dominar uma língua estrangeira em um mercado de trabalho tão globalizado como o nosso. E poder contar, em seu time, com um colaboradores aptos a contribuírem para a projeção internacional do seu negócio é fundamental. 

 

Fora isso, um curso de idioma como benefício é interessante não só pelo retorno que é oferecido à empresa, mas principalmente porque esse tipo de conhecimento ajuda a expandir os horizontes dos próprios colaboradores, individualmente falando. 

 

Para saber mais sobre como adotar o idioma como benefício aos seus colaboradores ou, caso você seja um colaborador, e queira que a empresa onde você trabalha ofereça esse benefício a você e seus colegas, contate-nos.

 

Se sua empresa quer oferecer uma solução completa de ensino de um novo idioma, conheça a Lingopass by FIESP. Uma plataforma 100% online, multi-idiomas, com professores nativos e acompanhamento em tempo real dos alunos.

Newsletter

Inscreva-se para receber conteúdos exclusivos.