IFESP implementa ferramenta revolucionária para integrar e agilizar processos

BITRIX 24 substitui diversos recursos e confere mais transparência e eficiência à gestão, além de permitir atendimento multicanal. Melhoria na user experience beneficia alunos e colaboradores

 

            A inovação digital e a busca pelas melhores soluções do mercado são marcas do IFESP, que, após longa pesquisa, decidiu adotar a mais completa, moderna e eficaz plataforma de CRM existente atualmente: o BITRIX 24. Adotado por mais de 4 milhões de organizações nos 5 continentes, o sistema centraliza os recursos de gerenciamento de projetos e de clientes, os canais de vendas, a automação de marketing e diversas outras atividades relacionadas à gestão operacional.

            Para Alexandrine Brami, cofundadora e CEO do Grupo IFESP, o BITRIX 24 é “um grande espaço de trabalho, que leva em consideração os problemas centrais das empresas, seja em sua comunicação interna ou em sua relação com prestadores de serviço e clientes”.

            A empreendedora francesa conta que a adoção da plataforma foi motivada pela busca de mais rapidez e competitividade, mas também porque as empresas do futuro não podem permitir que seus funcionários sejam “reféns de um excesso de tecnologias”. “Já chegamos a ter 50 ferramentas em uso, mas elas apresentavam diferentes problemas como falta de integração, custo alto ou não ser user friendly”, relembra Alexandrine, mencionando recursos como CRM SalesForce, WorkFlow Trello, Slack e Olak, dentre outros que foram substituídos por BITRIX 24.

 

Passagem para a ‘Fase Hacker’

 

            À frustração gerada pela insipiência dos resultados das ferramentas anteriores se somou a urgência em reduzir custos, dado um contexto político e econômico de risco. Por isso, a seleção da nova ferramenta levou em conta a adequação ao mercado e ao perfil do instituto, através do acompanhamento do expert Romualdo Silva leia aqui entrevista.

            De acordo com Alexandrine, a mudança ocorreu em diferentes etapas, pois exigiu um grande cuidado de treinamento da equipe e de adaptação interna, antes que a novidade fosse estendida ao uso externo – relacionamento com clientes, captação direta de prospects e customer success. “Agora estamos entrando na ‘fase hacker’, com um espaço de trabalho inteiro no BITRIX 24 e novidades como laboratórios de inovação e experimentação”, destaca Alexandrine.

            A iniciativa já dá seus primeiros frutos e abre portas para novos projetos. A otimização dos processos possibilitou um atendimento multicanal, em tempo real, e com todas as atividades registradas. “A substituição gera economia para que possamos investir mais na equipe e apresentar melhorias para os alunos”, conclui a CEO.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Pierre Lagrave

Pierre Lagrave

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *